Sobre o Solar

Solar dos Abacaxis é uma instituição autônoma e colaborativa, dedicada à experimentação em arte e educação. Reconhecendo a potência transformadora das práticas coletivas e colaborativas, o Solar dos Abacaxis catalisa encontros entre indivíduos e grupos que se dedicam a elaborar maneiras alternativas de estar juntos. Nosso propósito é elaborar, fortalecer, e irradiar iniciativas que ambicionam a transformação social por meio de projetos culturais, artísticos e educativos. O Solar se dedica ao desenvolvimento de novas formas de prática institucional e curatorial que, baseadas em outros sistemas de valor, possam colaborar para a construção de relações mais justas, potentes, livres, afetuosas e prazerosas – dentro e fora do sistema da arte. Com  iniciativas que partem de desaceleração e ativismo, o Solar tem atuado como uma ponte de reverberações e fricções generativas entre as cenas artísticas cariocas e brasileiras e a produção de arte mais atual e urgente de outros territórios – sobretudo do Sul Global. 

Fundado colaborativamente em 2015 no Rio de Janeiro, o Solar teve como primeira sede um casarão histórico no bairro do Cosme Velho conhecido, entre outros nomes, como Casa dos Abacaxis. Durante mais de cinco anos, o Solar foi responsável pela manutenção e cuidado deste espaço enquanto pôde realizar mais de 40 exposições e outras iniciativas, colaborando com quase 300 artistas e coletivos.  Desde maio de 2021, o Solar atua de maneira nômade, sem sede fixa.  Até encontrarmos as condições ideais para uma próxima sede, nossas atividades seguirão acontecendo em espaços urbanos, na esfera digital e em parceria com outras instituições no Rio, no Brasil e no mundo.